Como escrevi em 2010, quero avançar e, novamente, refletir sobre o que aconteceu desde então, principalmente, estudando os gêneros, a publicidade e a sociedade. O reflexo das mudanças sociais masculinas, que já começou desde os anos 1990, pode serconstatado, cada vez mais, na propaganda em que os criadores não hesitaram em misturar contrastes. As campanhas […]

As vezes a cabeça fica tão cheia, mas tão cheia de tantos e diversos pensamentos… pensamentos que buscam saídas, pensamentos que começam frenéticos, mas cansados, vou entrando em um lugar que não tem lugar. Sim, como se estivem no limbo… ficam lá quietos, não, na verdade não estão quietos, estão meio como mortos-vivos, porque já […]

Raro prazerGrafitando sobre mim!Quando os toques fomentam as sensações!Estou num sempre e sempre levada para amar…Assim como uma queda d’água! Sou a expressão da arte…Faço arte enquanto visto porcelana em minha face… e me arrisco! Sou amante de meus ais… velejo tranquila com o meu barco…entre o meu, e o seu cais! Sou da terra […]

Naquele quarto sempre trancado o assoalho de tábuas range como um gemido enquanto flores jazem secas entre os livros. Um caminhar lento, indeciso, sorriso brando, entre rugas que se unem, serenidade vivida como a suavidade do seu olhar onde se anulam sonhos e ilusões. Os muros altos guardam histórias, mistérios enterrados nas sombras das laranjeiras. […]

Eu convido você a recomeçar, quero sair com você, quero te namorar;Eu convido você a me olhar, com olhar de medo e frio na barriga do primeiro encontro que insistimos em sentir;Eu convido você a ter as mãos trêmulas quando encostar nas minhas e sentir o coração acelerar quando beijar minha boca;Eu convido você a […]

Eu sempre quis ser a cara da minha mãe, mas… mas quando eu era criança era muito comum um adulto me olhar e dizer: “nossa você é cara do seu pai”, eu esbravejava e respondia na hora: “não sou, sou a cara da minha mãe”, e novamente o adulto respondia, muitas vezes rindo: “não, você […]

Dei um tempo, Para todas as homenagens, Pelo dia MAIOR, Daquela que é a MELHOR, Ontem, Hoje, E será no amanhã, Cujo primeiro som, Que o humano emana, É MAMÃE. No entanto, Sem esse encanto, E com crescente e diferença, De atividade, tempo e idade, Com toda ternura e bondade, Mas, com “castralidade”, Que vem […]

Tinha uma mãe braba. Não é brava de brincadeirinha, dessas que a gente fica entre a chinelada e o xingo engraçado clichê. Ela era BRABA mesmo. Arrumava encrenca com vizinhos, gritava com todos que a contrariasse, perdia amigos e intimidade com parentes. Não se preocupava em entender, se fazia entender por qualquer método, até quando […]

E chega maio, o Mês das Mães e do meu aniversário. 4.2 neste ano… Estranho ver como as cobranças externas desde os 30 não mudaram muito: o sucesso na profissão (check It), a independência financeira (check It), os cuidados com o corpo que já não é mais o mesmo dos vinte (check It – com […]

Minha memória da infância tem cheiro, tem sabor, tem brilho nos olhos, tem o barulho da colher de pau batendo a massa daquele bolo feito no sábado à tarde por minha mãe – Dona Dora. A expectativa já começava com o anúncio de que teríamos algo especial para o café da tarde. Era comum ficarmos, […]

Nossos patrocinadores