Era uma noite fria. Ela estava a pé, caminhando naquele gelo pelas ruas. Só. Estava só. Precisava estar para chorar… de medo, de saudade de algo que já foi e não volta mais. O frio até que acalmava, eram duas dores que competiam e ela nem conseguia saber qual doía mais, se era o frio […]