Busco ser compreensivo, entender o inexplicável, sorrir do meu choro, aceitar o inaceitável;Busco ser tranquilo no meio da gritaria, calar a agressividade, falar auto com euforia, nos cantos da cidade;Busco ser amante das artes, sorrir para belas esculturas, fazer cara de paisagem.Busco ser colecionador de verdades que nunca poderão ser provadas, certezas incertas sonhadas na […]