Ontem à noite

eu me lembrei de você

O céu estava

nublado

E meus olhos

marejados

Imaginei a Estrela

Dalva brilhando

A Estrela da Tarde

Hésperus e Lúcifer

Ou simplesmente

Vênus inteira pra

mim

Solitária entre os

outros planetas

Continuei com

medo daquilo que

não ficava pra

sempre

Para superar essa

angustia pedi

licença poética ao

povo e aos astrônomos

Rebatizei as Três

Marias

Aquelas meninas

formavam cinturão

da constelação de

Orion

Num cenário

infinito…

Não eram mais

Mintaka, Alnilam e

Alnitak

Agora se chamavam

Polly, Topsy e

Diderlang

Fui padrinho

imaginário dessas

estrelas

Nesse espetáculo

você era o autor do

roteiro

O diretor dos astros

O compositor da

letra da música

Uma melodia punk

no firmamento

Sobre uma pauta

inovadora

Jovem engraçada

rebelde

Elegante

Fernando Farah – Belo Urbano, graduado em Direito e Antropologia. Advogado apaixonado por todas as artes!

Comentários

comments