Contos

Cristina é uma cinquentona, bonita, fina, cheirosa, que anda com um carrão novo importando e tão perfumado quanto ela. Mãe de um jovem adulto, rapaz bonito também, moreno, como ela. Ela torcia para que filho casasse com uma loira, vivia dizendo “brincando”: – precisa clarear a família. Falava em tom de brincadeira e nem se […]

Ele perdeu a noção do tempo. Não sabia qual era o dia da semana, o mês, o horário. Tudo isso deixou em uma outra vida, em um certo dia. O dia que uma dor tão profunda apertou seu peito, maior do que todas as outras que já tinha sentido. Ele sempre sentiu dores fortes, desde […]

Eu quase me matei essa noite. E na noite antes dessa. E na anterior. E na anterior. E na anterior. E na anterior… Toda noite a muitas noites eu quase me matei. Mesmo que não saiba o por quê. Mesmo que não exista razão. Mesmo que ela exista. Eu quase me matei essa noite. Não […]

Fui com o R namorado no shopping, na casa da C e depois na sorveteria, onde soubemos que é proibido dar um beijo na boca, onde o garçom veio até nós e se nos proíbe dizendo que não pode “gestos amorosos” no local. Eu odeio essa conduta moralista que na verdade é só cínica. Um […]

OITAVO CAPÍTULO Eu pensei naquele momento! Como? Que desrespeito! Ou coragem que esses filhos possuem! E esta mulher? RESPEITOSAMENTE CORAJOSA? Que loucura! Esta vida é louca mesmo!   NONO CAPÍTULO (AGORA PRESTEM MUITA ATENÇÃO NA LEITURA, POR FAVOR) Quando o ônibus parou, esta mulher que conversou a viagem inteirinha, a viagem toda, me atrapalhando…. e se enfiando sem […]

SÉTIMO CAPÍTULO Então ela me perguntou: Você é viúva? Respondi: Não, eu sou casada, tenho dois filhos, uma netinha com 05 aninhos, blá blá blá… Ela ainda disse: Quantos anos você tem? Respondi: 62 anos estarei completando em Abril Continuou: Ah!! Quantos anos você acha que eu tenho? Respondi: olhando fixamente para ela, tão pequena, franzina, pele bem machucada pelo sol porque trabalhou […]

QUINTO CAPÍTULO Que respeito tinha essa senhora pelo mundo ao seu redor! Porque será que os seus filhos a tratavam tão severamente, e tão desrespeitosamente? Ela possuía um olhar escuro, mas muito doce, as mãos senis, mas a sua gesticulação atrevidamente italiana, as pernas finas com a doença Erisipela, mas estava com suaves meias finas, de […]

TERCEIRO CAPÍTULO Entre minutos e outros a senhora pequena ao meu lado falava sem parar e eu sabia que aquele discurso iria nos acompanhar. Então me livrei de meus argumentos filosóficos sobre Respeito e Coragem, e dei atenção única para ela, que falou sobre sua vida sem constrangimento. Falou de sua doença, dos filhos e de […]

Convido-os para uma viagem comigo… Tenham absoluta certeza de que alem de divertida, os fará pensar em Respeito e Coragem e neste contextual empoderamento!! PRIMEIRO CAPÍTULO Respeito e Coragem, duas linhas simétricas e com consequências ativistas. Pois, o ENCANTO em ser respeitador e também a predisposição em não se argumentar sobre o assunto, faz de […]

Dei os pêsames e foi assim que acabou o que nunca foi o que eu queria que tivesse sido. Foi a última palavra. A última, distante da penúltima. Todas distantes, poucos foram os momentos que as palavras não foram distantes. Entender agora que pêsames foi a última para fechar aquele capítulo foi pesado.Tudo era pesado. […]