Lygia Bojunga

Natural de Pelotas, no Rio Grande do Sul.

Dica de livro: A Bolsa Amarela.

Frase da autora: “Escrever/criar personagens era, para mim, uma forma de sobreviver e de poder construir a casa que eu queria morar; só depois, quando abracei a literatura, é que me dei conta de que escrever/criar personagens era muito mais que um jeito de sobreviver. Considero o escritor o cidadão da sua língua”.

Curiosidade sobre a autora: Ainda bem jovem, Lygia criava suas próprias fantasias para brincar o carnaval, e foi desenvolvendo grande habilidade criativa.

Por que escrever?: A autora considera de fundamental importância tratar de temas que são considerados delicados, como morte, abuso sexual e desigualdade social.

Stella Maris Rezende

Mineira de Dores do Indaiá.

Dica de livro: A fantasia da família distante.

Frase do autor: “Tudo inspira um escritor. Eu, por exemplo, escrevo sobre o que observo, sobre as pessoas que conheço, sobre aquilo que vejo. Não crio roteiros. Minhas histórias vão simplesmente se construindo à medida em que vivo.”

Curiosidade sobre o autor: “Stellinha, você vai ser uma escritora.” Foi o que Stella Maris ouviu de sua professora quando tinha apenas 8 anos. Foi um grande incentivo!

Por que escrever?: A autora acredita que a escrita e a leitura são inseparáveis. “Ler sempre é válido, e quando a leitura vira um hábito, o interesse por outras coisas também cresce”.

Simara Bussiol Manfrinatti Bittar – Bela Urbana, pedagoga, revisora, escritora e conselheira de direitos humanos. Ama o universo da leitura e escrita. Comida japonesa faz parte dos seus melhores momentos gastronômicos. Aventuras nas alturas são as suas preferidas, mas o melhor são as boas risadas com os filhos, família e amigos.

Comentários

comments