Olá Consulentes!

Tenho um caso de amor com minha pasta de dente, é um amor efêmero, mas verdadeiro nos nossos momentos. Quero falar para vocês sobre esse amor.

Seu conteúdo me faz bem, uso e abuso. Não, abuso é brincadeira. Uso nos momentos certos, mas esse usar é uma troca, afinal a pasta é feita para ser usada. Seu gosto tem que ser gostoso, afinal, sem querer posso engolir, ulalá.

Não ligo como aperto seu conteúdo. Tem gente que fica totalmente irritada a essa questão. Eu não ligo, aperto sem pensar e me delício. Sem preconceitos e sem problemas. Criar problemas por causa da embalagem da pasta de dente é o Ó. Pare de criar problemas onde não existem. Terapia já se esse é seu caso.

Quando a pasta termina, agradeço nossas trocas, ela deu o seu melhor e eu aproveitei como tinha que ser. Depois coloco sua embalagem para reciclagem… agora se será mesmo reciclada eu não sei dizer, mas faço minha parte.

Depois, compro outra, nem sempre do mesma marca ou sabor, mas tenho minha preferida, porém para valorizá-lá prefiro ir alternando para a saudades se fazer presente.

Vocês não entenderam como isso é um caso de amor?

Me poupem Consulentes, as vezes vocês são difíceis demais… façam então o seguinte, passem um dia inteiro sem usar uma pasta de dente, só um diazinho e depois me digam.

Até a próxima, com os dentes escovadinhos…. e amando, é claro 😉

Madame Zoraide – Bela Urbana, nascida no início da década de 80, vinda de Vênus. Começou  atendendo pelo telefone, atingiu o sucesso absoluto, mas foi reprimida por forças maiores, tempos depois começou a fazer mapas astrais e estudar signos e numerologias, sempre soube tudo do presente, do passado, do futuro e dos cantos de qualquer lugar. É irônica, é sabida e é loira. Seu slogan é: ” Madame Zoraide sabe tudo”. Atende pela sua página no facebook @madamezoraide. Se é um personagem? Só a criadora sabe 

Comentários

comments