São só pensamentos ou são tendências suicidas? São só brincadeiras ou talvez você pense em se matar? Quem sabe quanto tempo faz que você não chora?

A realidade sufoca, o corpo implora e alma não consegue respirar. Mais um gole, mais um trago, mais uma foda, mais um remédio, mas nada faz o vazio fechar.

Você reza em silêncio, mas deseja que os céus te ouçam, em desespero estende a mão até ao diabo se ele puder te acalmar. Às vezes parece que nem o inferno pode te salvar.

Eu? Eu também não sou a solução, minhas palavras vão de encontro ao teu coração? Então, me leia com atenção.

Todos nós estamos sós, todos nós somos filhos de deuses e demônios, somos feitos de luz, água e decepção. mas acredite em mim, não desista agora, o amanhã nos espera e é certeza que talvez sejamos um pouco mais que meros mortais.

Talvez você sorria para uma foto, chore com uma série, se frustre comigo, vai ficar tudo bem, desde que estejamos vivos para ver o crepúsculo dos medos morrer e o jardim dos sonhos e das ilusões florescer no amanhecer.

Lucas Alberti Amaral – Belo urbanonascido em 08/11/87. Publicitário, tem uma página onde espalha pensamentos materializados em textos curtos e tentativas de poesias  www.facebook.com/quaseinedito  (curte lá!). Não acredita em horóscopo, mas é de Escorpião, lua em Gêmeos com ascendente em Peixes e Netuno na casa 10. Por fim odeia falar de si mesmo na terceira pessoa.

Comentários

comments