Boa leitura de nossos pormenores sobre aqueles que nos parecem menores.

Pois…

Eles morrem para a vida… e, a morte para eles é o reconhecimento de que ele é menor.

Simples assim.

Então a pergunta E DAÍ?

Só tem uma resposta.

E DAÍ… nós estamos empilhando mortes num refrigerador natural…

Escavando buracos para a fase terminal…

Enterrando as mãos junto com nossas vidas…

Solicitando aos céus dar maior clareza à nação…

Perdendo a capacitação para continuarmos cidadãos vivos…

Querendo apenas nos dar uma melhor respiração…

E DAÍ?

Estamos num chocar de areia… e já estamos consciente de que essa areia é  movediça, e não possuímos correntes para sustentar a ponte, que nos levará À uma utópica união!

E DAÍ?

Joana D’arc de Paula – Bela Urbana, educadora infantil aposentada depois de 42 anos seguidos em uma mesma escola, não consegue aposenta-se da do calor e a da textura do observar a natureza arredor. Neste vai e vem de melodias entre pautas e simetrias, seu único interesse é tocar com seus toques grafitados pela emoção

Comentários

comments