Seu perfil, majoritariamente feminino, provavelmente atrairia histórias e reflexões desse público. Mas como o prêmio era um ensaio fotográfico, arrisquei enviar minha participação, para dar de presente a minha esposa. Não ganhei. Havia textos bem melhores. Mas a influencer e seus parceiros julgadores consideraram a iniciativa e o relato, presenteando minha amada com uma sessão, que fez muito bem a ela!

Hoje, dedico esse texto a todas as mulheres. Mulheres múltiplas em personalidade, em força e em alegrias. Mulheres que, de fato, carregam o mundo nas costas. Hoje é só um ano novo, de 365 dias que são delas.

—————————————–

Mulher Bordada e com Crochê

Uma boneca de pano, chamada Ana, bordada e com crochê, é designer, mas sonha com moda. Sorri como criança, luta como uma adulta, sofre como uma sábia anciã. Sonha como quem está no chão, conquista como quem está nas nuvens de algodão-doce.

Para quem nasceu em São José e mora em São Paulo, o que já é o suficiente para uma anja bela e caída. Eu a amo assim, incongruente e incoerente em uma vida de impermanências, inconsequências e alegria. Afinal, apesar de tudo, vivemos em um mundo bonito.

Crido Santos – Belo urbano, designer e professor. Acredita que o saber e o sorriso são como um mel mágico que se multiplica ao se dividir, que adoça os sentidos e a vida. Adora a liberdade, a amizade, a gentileza, as viagens, os sabores, a música e o novo. Autor do blog Os Piores Poemas do Mundo e co-autor do livro O Corrosivo Coletivo.

Comentários

comments