Sim, essa de várias facetas!

Que muitas vezes se transforma em duas e em “dois”, de pai e mãe.

Que suporta as dores da vida com solidez de algo másculo e que mesmo assim, é capaz de sorrir para a vida, sem deixar as amarguras vividas abater o teu semblante de esperança constante.

Viva a essa mulher artista!

Nós homens, somos conquistados pelo seu carinho, seu jeito e não conseguiríamos viver sem você no mundo inteiro, como mãe, namorada, esposa, amiga e guerreira de um mundo pandêmico, se inventando e reinventando aos mares da vida econômica, a dois ou a sós, mas sempre com verdade estampada no peito.

Sim, é preciso ter peito!

É preciso ter voz!

É preciso ter coragem para ser MULHER!

Mulher não é somente geradora, é energia da vida, é raça, é sangue e é coração!

E que coração!

Aquele que guarda de tudo e mais um pouco nos refazeres e desprazeres da vida.

Que se monta de beleza e por dentro é fortaleza, embora não saibam algumas, que a luz do sol faz-se brilhar muito mais diante de tanta grandeza.

A humanidade sem a mulher eu não sei, mas mulher na humanidade é tudo!

Sim, essa humana de tantos papeis de uma só.

Ela existe para uma humanidade sã de coração e razão, para nos encantar com seu olhar de aconchego, num mundo que anda cada vez mais complicado, desarticulando todo o medo.

Mulher é música, pintura, cheiro, café e fé!

Fernando Dassi Bonin – Belo Urbano. Professor de música e de artes. Músico. Cantor. Ator. Diretor. Sua graduação é Música Licenciatura, Arte-Educação e tem como hobby viajar, cozinhar e ama a natureza. É um verdadeiro aprendiz da Vida.

Comentários

comments