Parabéns, Minha Filha, por ter chegado ao dia de hoje com tanta desenvoltura. Parabéns por ter superado seus medos e aprendido com seus erros, sempre se metamorfoseando. Parabéns por trazer consigo o gosto pela liberdade, o respeito e empatia pelos seus semelhantes e por toda a natureza. Três Vivas!!! por ser tão acessível e amável; […]

Ei, se de forte, sou de Fortaleza;Se de linda, já me acabei no forró de Olinda;Se de perto sou mais meiga, amo jantar em Petrolina;Se não tenho Nenhum Juízo, atravessei a Ponte para Juazeiro Mas está bem, de verdade você já descobriu que sou Nordestina;Bela, meiga, menina, faceira, sorridente e quente como Ninguém;Já da minha […]

Banho demorado Café quentinho Abraço de criança Acordar com sol Caipirinha na praia Mar e amar (vice versa) Abraço de saudade Beijo (de todo jeito) Dormir até acordar  Pizza de queijo Viajar Cerveja gelada Amigos (de verdade) Navegar (virtual e real) Barulho de chuva Pão caseiro do marido Filhar (verbo novo) Rir junto (de tudo […]

Olá Consulentes! Belas Urbanas mandou muito bem com essa série “Ser… pra quem?”. Vamos falar sobre esse SER. Muitos consulentes já vieram me perguntar se eu me importo com a opinião dos outros? Se faço algo para agradar os outros? Veja bem Consulente, eu me importo e também não me importo, tudo depende… da razão […]

Para alguns sou só de câncerpara outros fui noutra vidapara alguns sou só designerpara outros casca de ferida Para alguns sou poetapara outras só musicistapara alguns talvez atletapara outros, porco comunista Ninguém se arrisca ir alémda timeline determinista?Ver quem realmente souonde realmente estouAlém do post, da foto,Há alguém. Sim há.  

Me parei pensando na atitude corajosa da ginasta norte-americana Simone Biles, que chegou às Olimpíadas de Tokio como a maior promessa do esporte e desistiu de competir em várias provas em prol da sua saúde mental. Guardadas as devidas proporções, creio que todas nós, Belas Urbanas, em algum momento sucumbimos às expectativas alheias e precisamos […]

Muitas vezes sou incompreendida, tenho fama de dar vida ao submundo desprendido desafiando a mim mesma. A verdade é que me apetece tentar em simples pedaço de papel realizar em versos o sonho de ser poetisa e trovadora. A verdade é que não sou hipócrita, muito menos irônica ou falsa. Se falo, logo sou interrompida […]

Lendo vários posts do Dia dos Pais fiquei pensando… Quantas recordações de quando eu era professora na educação infantil… isso no mínimo há 12 anos atrás. Eram rodas de conversas, brincadeiras de faz de conta, onde as crianças relatavam o que faziam com seus pais! Sempre um momento muito especial e delicado e eu, claro, […]

Lembro do meu pai me fazendo lentamente um cafuné, recitava algumas poesias e fazia caretas imitando monstros… na vitrola, um disco de Eric Clapton, Neil Diamond e o favorito Harry  Chapin. Era especial aquele abraço, abraço de pai, de conforto, de proteção, de segurança. Isso tudo foi na minha infância. Quando ele me abraça é tão […]

Nossos patrocinadores