10425465_10206927660015373_3670511374470991544_n foto post Renata M

Começo esse texto com um pedido de desculpas. Sim, eu fiquei de escrever uma vez por semana para relatar os sentimentos sobre esse processo  de consultoria de assessoria financeira, mas não foi possível. Culpa minha? Não. E isso não é uma desculpa, talvez uma justificativa e olhem que não gosto de justificativas, evito-as dar e não gosto de recebê-las, mas de fato a culpa não é minha e explico.

A assessoria não pode ser dada, simplesmente porque minha cliente, muito ocupada, foi mudando as datas em uma sequencia de várias semanas e com isso perdemos mais de 04 semanas sem nenhum encontro. Como é minha amiga, a liberdade tem dois lados, o bom, que você pode não ter formalidades, e o ruim, que você também não prioriza por excesso de liberdade e consequentemente o projeto foi ficando. Na última sexta tivemos uma conversa séria a respeito e coloquei que nada vai mudar se ela não mudar e colocar esse projeto como uma das suas prioridades. Ela me pediu desculpas, não tenho nada para desculpar, afinal o objetivo é dela e não meu.

Nossa conversa foi muito boa, como somos amigas temos a tal liberdade, essa mesma liberdade foi fundamental para eu dizer o que penso e para dar uma “puxada de orelha” para que ela repense se de fato quer mudar algo. Qualquer mudança em nossas vidas primeiramente é determinada por nós mesmos e consequentemente com a mudança de nossos comportamentos, esse é o caminho.

Eu sei que muitos de você devem estar pensando que não é tão simples assim, porque existem imprevistos diversos, funções que nos ocupam muito tempo no dia a dia etc. Porém vou repetir aqui o que disse para ela. Eu disse que não era simples, aliás mudança não é simples, nenhuma delas, mas se é algo de fato é o que se quer, é necessário se comprometer consigo mesmo e colocar isso como uma das suas prioridades e  em ação no dia a dia. Não é necessário mudar totalmente sua rotina, mas é necessário disponibilizar um tempo para isso, pode ser 20 minutos por dia, ou pelo menos algum dia da semana para avaliar como foi a mesma e anotar todos os gastos, sem isso fica difícil mudar qualquer coisa.

Todas as mudanças exigem um mínimo de planejamento, quando falamos de uma situação financeira o planejamento não é tão mínimo assim. Bom, eu espero que o puxão de orelha tenha feito ela pensar. Vamos conversar novamente na sexta e vamos ver o que ela me dirá.

Para mim, a experiência de ser sua consultora tem sido válida, mesmo diante do não resultado dela, porque isso é uma forma de eu olhar também para meu lado financeiro pessoal, pois apesar de sempre saber lidar com as finanças, sempre fui impecável para a administração financeira das empresas, mas para a minha pessoal, estou meio relapsa nos últimos tempos e isso está trazendo de volta esse olhar para mim mesma e já tenho observados alguns pontos interessantes, mas essas lições eu conto outro dia.

12308453_10205306926782378_7964104893761853478_n foto Dri para perfil

Adriana Chebabi – Bela Urbana, idealizadora do blog Belas Urbanas onde escreve contos, poesias e crônicas. Publicitária e empresária. Divide seu tempo entre suas agências Modo Comunicação e Marketing  www.modo.com.br e 3bis Promoções e Eventos www.3bis.com.br e as diversas funções que toda mulher contemporânea tem que conciliar, especialmente quando tem filhos. É do signo de Leão, ascendente em Virgem e no horóscopo chinês Macaco. Isso explica muita coisa :)

Comentários

comments