2020 que ano de longas jornadas
Tempos estranhos e comemorações inusitadas…
Nesse Natal e Final de Ano, dores represadas…
Mas, muitas situações devem ser comemoradas.

Psicanalisando os dois eventos,
De fora para dentro tive acontecimentos…
E com todos eles fui assim reconhecendo:
Reconheço que estamos vivos, mas a morte existe….
Reconheço que nossos pais nos trouxeram a vida…
Reconheço que a gratidão a eles deve ser sentida…
Reconheço minha realidade e minhas verdades…
Reconheço propagandas “passando paninho”…
Reconheço minha existência e um difícil caminho.

Em 2021 um novo ano e novo destino…
Essa a única evidência desse destinatário…
Que muitos me fizeram parecer otário…
Mas, como disse Ele: “ em verdade…”
Aposto em ser feliz nas amizades.

Amizades existem diante de:
Interesses sinceros e comuns….
Comprometimento em realizar algo…
Responsabilidade em finalizar o que prometeu…
Respeito e confiança um nos outros…
Não há rima, apenas credibilidade.

E para finalizar, mais essa verdade:
É claro que de você sinto saudades…
Vivo com medos, mas sem “enganos”…
Em mar de desejos quero ir navegando….
Esse ano não será para qualquer um,
Assim, seja feliz em dois mil e vinte e um!

L.C. Bocatto– Belo Urbano. Diretor do Instituto IFEM – Instituto da Família Empresária
Criador da Ferramenta de Análise Científica Individual e Familiar. Formações – Mestre em Comunicação e Mercado, MBA em Controladoria, Contador, Psicanalista Terapeuta com foco em famílias e indivíduo com problemas Econômicos (perda de riquezas) e Financeiros (saldos negativos de caixa)

Comentários

comments