shutterstock_274926161 (1) pes

Espio quase sem querer

Quero esse desejo inexorável

De mer ver em tuas esquinas

Algum sinal

Os dois

Jeito, mania, olhar

Uma marca de nascença

Marca de vivença

Nada

Nem ela

Não nele

Sei que estou ali e não vejo

me conforto num olhar terno

Enquanto dormem, respiram

Ele

Lembro do teu jeito de levantar as sobrancelhas

Ela

Escondes as meias embaixo do travesseiro enquanto dormes

Vivo

Enfio a cabeça no travesseiro

Fustigado pela feliz diferença

Os filhos

São iguais a eles mesmo

12084821_872243929489874_2008663406_o (2) Gil Guzzo 2

Gil Guzzo – é autor, ator e diretor. Em teatro, participou de diversos festivais, entre eles, o Theater der Welt na Alemanha. Como diretor, foi premiado com o espetáculo Viandeiros, no 7º Fetacam. Vencedor do prêmio para produção de curta metragem do edital da Cinemateca Catarinense, por dois anos consecutivos (2011 e 2012), com os filmes Água Mornas e Taí…ó. Uma aventura na Lagoa, respectivamente. Em 15 anos como profissional, atuou em 16 peças, 3 longas-metragens, 6 novelas e mais de 70 filmes publicitários. Em 2014 finalizou seu quinto texto teatral e o primeiro livro de contos. É fundador e diretor artístico do Teatro do Desequilíbrio – Núcleo de Pesquisa e Produção Teatral Contemporânea e é Coordenador de Produção Cultural e Design do Senac Santa Catarina. E o melhor de tudo: é o pai da Bia e do Antônio.

 

 

 

 

Comentários

comments