Conter a intensidade pode causar danos físicos e psicológicos.

Pode ser tão difícil quanto resolver uma fórmula matemática.

É não viver nas extremidades.

É espremer o coração levemente para não despedaçar e sangrar.

Cris Saad – Bela Urbana, professora universitária, publicitária, fã do vento, da lua e do acaso. Apaixonada por música e dança, enfim apaixonada pela liberdade, pela loucura do movimento e o gozo do encontro.