Fala verdade, neste calor tem coisa pior que um encontro com uma baratona? Não né?… quer dizer tem coisa pior, mas vamos ficar no âmbito destes seres nojentos. Tem momentos que você faz coisas que até mesmo você dúvida. Outro dia fui fechar a janela do quarto e não ascendi a luz, e na volta pra cama, na escuridão, senti um “creck”. Ahh! eu estava com minhas queridas havaianas! E, seguida deitei e dormi. Ao acordar vi a dita cuja barata ali morta assim por acaso; coisa de ninja. Dito isso, incentivo a fazer coisas inusitadas, como por exemplo, andar no escuro cria novas sinapses nos neurônios. Mas vá com calma, já tive várias manchas roxas na perna por conta de adquirir “novas” sinapses.

Jeff Keese – Belo Urbano, é arquiteto, produtor de exposições de arte, e durante 7 anos foi consultor do mapa das artes de São Paulo. O Kiabo é um personagem que criou na adolescência para dar conselhos para as mulheres, por isso os conselhos do Kiabo estão sendo divulgados no Belas Urbanas.

shutterstock_101007865

Previdente…. até onde é normal, e qual o limite da loucura?

Acho que cada um se previne com o que mais pode sentir falta, mas papel higiênico é coisa que tá no número um da lista né!?

Depois eu penso em alimento. Não posso imaginar faltar leite pela manhã, e se não tem leite integral, qual a loucura de previdência? É ter leite em pó!!! Afinal dura muito tempo e resolve uma emergência.

Enfim nada como uma loucura pra gente ver que não existe o “normal”.

jeff

Jeff Keese – Belo Urbano, é arquiteto, produtor de exposições de arte, e durante 7 anos foi consultor do mapa das artes de São Paulo. O Kiabo é um personagem que criou na adolescência para dar conselhos para as mulheres, por isso os conselhos do Kiabo estão sendo divulgados no Belas Urbanas.

 

 

shutterstock_335916521

Não vou dizer sim, nem que não…. vou ficar assim no meio da navalha, em cima do muro, causando tensão…… não, peraí, e ainda digo mais….nem pensem que vou parar de usar vermelho, nem os verdes, todos os amarelos, laranjas lindos e também roxo. Sequestrar cor é coisa de texto de peça infantil. E por falar nisso até encenei num espetáculo com este tema: uma bruxa terrível, roubava as cores do mundo, e o enredo se desenvolvia em cima de tentar recuperar estas cores… ou seja a cor do mundo todo. Entendeu porque vermelho é lindo ?

jeff

Jeff Keese – Belo Urbano, é arquiteto, produtor de exposições de arte, e durante 7 anos foi consultor do mapa das artes de São Paulo. O Kiabo é um personagem que criou na adolescência para dar conselhos para as mulheres, por isso os conselhos do Kiabo estão sendo divulgados no Belas Urbanas.

 

shutterstock_133879079

Crise…..??!!!… Olha já passei por tantas que nem é bom falar, então não adianta lamentar. Outro dia me falaram: tenha foco!. Eu claro na hora percebi que sem isso não tem óculos ou lente que resolva. Mas desfocar um pouquinho é fundamental, o mundo ganha um filtro diferente e até a nossa cara fica melhor no espelho. Experimenta….

jeff

Jeff Keese – Belo Urbano, é arquiteto, produtor de exposições de arte, e durante 7 anos foi consultor do mapa das artes de São Paulo. O Kiabo é um personagem que criou na adolescência para dar conselhos para as mulheres, por isso os conselhos do Kiabo estão sendo divulgados no Belas Urbanas.

shutterstock_92792791

Fala a verdade, não dá pra ficar calmo com mais nada? Será? Outro dia ouvi que: “criança agitada precisa correr descalço na grama”. Eu também acho que precisamos disso. Já parou pra pensar quando foi a última vez que você andou descalço num gramado? Não pense em bobeiras, que o gramado é sujo… etc. Aposto que quando criança você fez isso várias vezes e está aí, firme e forte. Então faça isso, sempre dá pra encontrar um gramadinho aí perto par andar sem sapato. Se for correr pelo gramado, dá uma olhada quem tá por perto, afinal tem gente que pode não entender. Mas com certeza você vai se sentir bem melhor.

jeff

Jeff Keese – Belo Urbano, é arquiteto, produtor de exposições de arte, e durante 7 anos foi consultor do mapa das artes de São Paulo. O Kiabo é um personagem que criou na adolescência para dar conselhos para as mulheres, por isso os conselhos do Kiabo estão sendo divulgados no Belas Urbanas.

relogios shutterstock_286123331 (1)

O tédio entedia

o dia que não ia

Pra frente do tédio

que era forte como um prédio

 

O tédio entediamente

Fica no ar o sentido

Sem ninguém entender

O tédio do dia

 

O tédio de uma aula

O tédio do ar

O tédio das pessoas

O tédio sem parar.

 

O tédio vai acabando

Nas linhas do verso

Depois de entediar você

Com linhas tediosas salvei-me do tédio

Resolva o seu

O meu acaba aqui!

jeff

Jeff Keese –  Arquiteto, produtor de exposições de arte, e durante 7 anos foi consultor do mapa das artes de São Paulo.

shutterstock_122171242

Queridinhas, sempre que forem tirar sujeirinhas do nariz jamais façam isso na frente do seu Love pois é fatal desenlace.

Faça sua higiene íntima nasal de preferencia à sós e se impossível à sós, finja alguma situação para se abaixar rapidamente e retirar o incomodante lixo nasal!

Até o próxima, Kiabo

jeff

Jeff Keese – é arquiteto, produtor de exposições de arte, e durante 7 anos foi consultor do mapa das artes de São Paulo. O Kiabo é um personagem que criou na adolescência para dar conselhos para as mulheres, por isso os conselhos do Kiabo estão sendo divulgados no Belas Urbanas.

shutterstock_153792311 sorrisos belas

Nunca sorria demais. Esse mal comum hoje em dia é uma mal sem procedentes. Que coisa horrível ficar mostrando para qualquer um parte tão íntima quanto os dentes. Sempre que sorrir, sorria no máximo 2 cm de abertura, o resto esconda. Não mostre de forma alguma. Se guarde para uma ocasião, onde seja necessário sorrir muito. Entendeu a ocasião?

 Até a próxima, Kiabo.

jeff

Jeff Keese – é arquiteto, produtor de exposições de arte, e durante 7 anos foi consultor do mapa das artes de São Paulo. O Kiabo é um personagem que criou na adolescência para dar conselhos para as mulheres, por isso os conselhos do Kiabo estão sendo divulgados no Belas Urbanas.

shutterstock_146107166 dedão do pé

Oi Belas Urbanas! Vou aconselhar hoje sobre um problema que me aflige a anos, o dedão do pé.

No homem o dedão do pé é uma parte erógena, para a mulher também, mas muitas vezes motivo de constrangimentos.

Mas falando do seu dedão, cuidado com a aparência dele. Ele é o chefão do pé e a aparência dele, por ser maior, é mais notada.

Por isso, cuidado na próxima vez que deixá-lo a mostra.

Até a próxima.

Kiabo.

jeff

Jeff Keese – é arquiteto, produtor de exposições de arte, e durante 7 anos foi consultor do mapa das artes de São Paulo. O Kiabo é um personagem que criou na adolescência para dar conselhos para as mulheres, por isso os conselhos do Kiabo estão sendo divulgados no Belas Urbanas.

shutterstock_265023947 - sapatos 01042015

Belas Urbanas do Brasil! Cuidado, muito cuidado com os sapatinhos que usam.

O pé é pois, um centro importante. Qualquer coisa afeta o pé, afeta você, e por isso cuidado ao escolher o seu próximo pisante. De preferência a um bem arejado, pois “boy” nenhum aprecia os pés da amada com cheiro inodoro, não é mesmo?

Até a próxima,

Kiabo.

jeff

 Jeff Keese – é arquiteto, produtor de exposições de arte, e durante 7 anos foi consultor do mapa das artes de São Paulo. O Kiabo é um personagem que criou na adolescência para dar conselhos para as mulheres, por isso os conselhos do Kiabo estão sendo divulgados no Belas Urbanas.