shutterstock_199176308

Chegou a hora bravos guerreiros. Façamos o impeachment desse homem frouxo e absurdo que inventamos e deixamos nascer. Nosso poeta Gonzaguinha bem dizia que um HOMEM também chora. Sempre falamos de um homem com H maiúsculo, está na hora do homem com todas as letras maiúsculas. Fora homem moderno, que precisa de tons de cinza para marcar uma mulher. HOMEM marca o coração, a alma da mulher, e não com agressão, mas com atitudes e até mesmo com um olhar. HOMEM: abandona seu Peter Pan interior e enfrenta seu Capitão Gancho e permita-se ser adulto. Façamos o impeachment desse homem moderno e frouxo que atende seu desejo machista dos comerciais de cerveja. HOMEM não quer o “verão”, HOMEM quer a MULHER. Está na hora de fazermos como Hamlet, tão bem exposto pelo Professor Leandro Karnal, e escarnecermos da hipocrisia que tomou conta e, como Hamlet, pedir ao menos uma vez na vida que parem de fingir e sejam vocês mesmos!!! O resto, como diz Hamlet em uma cena, são palavras, palavras, palavras.

Por um mundo melhor, digo sim ao Impeachment desse homem moderno, que em pleno congresso carrega um cartaz escrito “Tchau querida”. Falta de respeito com a comandante em chefe. Em nome de Deus, da esposa e dos filhos e por fim em nome da amante. Fora homem calhorda, seja você recebido na CPI do caráter. Padre Fábio de Melo, um HOMEM com todas as letras nos expõe um contraponto em seu livro “Tempo de Esperas” entre um Filósofo e um Jardineiro, e nos mostra que o Jardineiro sai ganhando, pois usa sua força para arar a terra, mas também usa sua sensibilidade, se despoja de seu orgulho e prepotência e cultiva suas flores com doçura e masculinidade.

Um HOMEM decidido sabe dobrar seus joelhos, para seu Rei e Senhor, para orar, para pedir proteção, para proteger suas crianças, para trabalhar e para pedir perdão. O homem que precisa sofrer impeachment não entende o poder do joelho, nem o poder do seu amor. Hoje há os românticos que dizem que duas metades se completam, e os realistas que acreditam que pessoas precisam ser inteiras e dois inteiros se juntam. Creio na junção, creio em dois inteiros que se completam, mas o homem precisa ser HOMEM, senão teremos isso que aí está o homem safadão que infelizmente é aceito como algo legal. Impeachment no  homem que transforma seu carro em arma e ceifa vidas, um homem que acredita em ficção e tapas com tons, um homem que não se questiona, um homem Peter Pan que não cresce, que não enfrenta a si mesmo, que não se permite chorar, ser doce e que sente sua masculinidade abalada por seu lado feminino. Chega de homenzinhos heteros homofóbicos mal resolvidos que por medo de si agridem em força ou palavras quem tem opção diferente da sua. HOMEM hétero respeita, convive e ama. HOMENS: façamos logo o impeachment desse homenzinho moderno e vamos nos impor, na bravura de nossa imperfeição avante!

Não há outra saída ao HOMEM que não seja encarar a si mesmo. Papa Francisco, líder da Igreja Católica disse que felicidade não está em aplicativos.  Está na hora do homem acordar para si mesmo e para seu mundo. Que as mulheres possam receber seu novo HOMEM e o ajudem a serem conduzidos para uma nova fase, sim, HOMEM aceita de bom grado o auxílio de MULHERES que amadureceram e os ajudem a sair da caverna. Então está decretado sem caber recurso e sem ir para o Senado, Homem “moderninho”, você sofreu Impeachment. Agora vai, e procura sua MULHER e dê a ela seu maior presente, seu coração másculo e terno, mas lembre-se: Conduza-a no tango da vida porque é preciso, mas como no tango, seja gentil.

E caro homem, nunca se esqueça, carregue um lenço como no filme “Um Senhor Estagiário” pois toda mulher precisa de um homem que enxugue suas lágrimas, ou ao menos as faça secar com dignidade, e jamais as faça chorar, salvo, quando ela perceber que de homem você virou HOMEM, aí o choro é livre, elas esperam por esse dia querido HOMEM, VER VOCÊ CRESCER!

11078131_692501054229422_3106425021619197898_o Renato Sampaio

Renato B Sampaio – Belo Urbano, publicitário, cristão e um questionador da vida, sempre em busca da verdade. Signo de áries, fã de Jazz, Blues e Música gospel.