relogios shutterstock_286123331 (1)

O tédio entedia

o dia que não ia

Pra frente do tédio

que era forte como um prédio

 

O tédio entediamente

Fica no ar o sentido

Sem ninguém entender

O tédio do dia

 

O tédio de uma aula

O tédio do ar

O tédio das pessoas

O tédio sem parar.

 

O tédio vai acabando

Nas linhas do verso

Depois de entediar você

Com linhas tediosas salvei-me do tédio

Resolva o seu

O meu acaba aqui!

jeff

Jeff Keese –  Arquiteto, produtor de exposições de arte, e durante 7 anos foi consultor do mapa das artes de São Paulo.

Comentários

comments