shutterstock_218584330

Viajar  é maravilhoso, mas as vezes estressa. A gente passa por uma sobrecarga enorme para finalmente sair por alguns dias. A tensão fica grande: deixar o trabalho em ordem, fechar casa, desmarcar compromissos, agendar contas, achar soluções para cachorro e assim vai. Deixar esquematizado tudo ligado a “se ausentar”.

Sem tempo, e nem energia para resolver as coisas da viagem, a preparação da viagem acaba levando a pior e acaba “ficando pra lá”. Lá longe, nas sonhadas férias, tempo é dinheiro, besteira desperdiçar.

Uma viagem bem preparada é sucesso na certa, é relaxar, curtir, aproveitar. E preparar uma viagem com calma e com critério é a melhor coisa do mundo, é viajar antes de embarcar, é sonhar acordado.

Vamos lá então, a dica é montar listas. Só isso.

“LEVAR” – Coloco nesta lista as coisas que vão na bolsa e na bagagem de mão: passaporte, óculos de sol, carregador de celular, cartão de crédito, livro para ler no avião, nécessaire de avião (em turística nem isso eles dão mais), laptop e assim vai…

“MALA” – Aqui listo coisas que não levo para todos os lugares que viajo, como biquíne, havaiannas ou mesmo coisas que não usamos toda as horas, como luva de ski, remédio para sei lá o que… já vi gente listando roupas, confesso que não sou maníaca assim!

“PROVIDENCIAR” – Coisas simples, mas necessárias, que podem ser feitas com antecedência são listadas aqui: cancelar entrega do jornal, suspender a faxineira, deixar dinheiro para o vigia, cancelar análise e aula de piano, ligar para vizinhos avisando da viagem, pegar a mala enorme que está na casa da mamãe, comprar remédios…

“FAZER NO DIA” – mensagem out of the office, entregar a chave para o vizinho, molhar plantas, tirar o lixo, jogar fora coisas abertas da geladeira, desligar aquecedor, tirar torradeira da tomada… Pode parecer loucura mas uma vez fiquei paranóica achando que não tinha desligado a cafeteira.

E assim vai, dependendo das prioridades de cada um. O objetivo é antecipar, para ter tempo de executar com calma, bem feito e sem estress. Eu faço várias listas, e coloco cada lista em uma folha nova.

Quando tenho muitas coisas na cabeça acordo de madrugada pensando em tudo que tenho que fazer e então não durmo mais. Me sinto um lixo no dia seguinte. Aprendi então que quando registramos tarefas/idéias, descansamos da preocupação de não lembrar, ou de não dar conta de fazer, relaxando finalmente. No auge da loucura profissional, eu dormia com um gravador na cabeceira, acordava, gravava as minhas idéias e dormia de novo. Funcionava super bem, e era engraçadíssimo ouvir as gravações de manhã, com voz de sono, meio acordada, meio dormindo.

Então, voltando as listas… o segredo é tê-las sempre por perto e ir escrevendo, capturando idéias. Depois, ir riscando a medida que as coisas forem feitas. Simples, mas bastante eficiente.

É isso, boa viagem!

TECA

TECA HUNGRIA – Viajante desde os 13 anos de idade, adora descobrir e experimentar tudo que é novo. 
Cansada da vida de executiva, pediu demissão e foi para Suíça, onde enraizou e ficou.
É apaixonada por gastronomia, vinhos e design de interiores.
Mora com um Suíço alemão que, mesmo sem querer, ensina todos os dias algo novo para ela.

Related posts:

Comentários

comments